8 dicas para uma boa comunicação com a babá

A licença-maternidade está perto de acabar e sua decisão foi deixar seu bebê com uma babá no retorno ao trabalho. Se você já encontrou a profissional, maravilha ! Mas daí vem a dúvida: como ter certeza de que ela vai fazer as coisas do seu jeito?

Claro que cada pessoa tem sua maneira de encarar diferentes tarefas, mas acredite: conversar de forma clara com a babá e estabelecer algumas diretrizes já será meio caminho andado. Isso ajuda a garantir a segurança e o bem-estar da criança e diminui a insegurança dos pais.

Com a ajuda da Sitly, plataforma online que ajuda milhões de usuários ao redor do mundo a encontrar a babá ideal (inclusive no Brasil, onde já está em funcionamento desde setembro de 2019, atendendo o país inteiro), montamos uma lista com dicas para você colocar em prática uma boa comunicação com a pessoa que cuidará de seu filho.

  1. Na conversa inicial com a babá, aborde todas as questões práticas: sugira as condições do contrato, diga que tarefas espera que a profissional execute, os horários em que precisará dela, esquema de férias que melhor lhe atende, quanto pode oferecer de salário etc. Para cada item desses, peça as sugestões dela e, se houver algum ponto no qual vocês discordam, veja se é possível chegar a um meio-termo que atenda aos dois lados. Evite mal-entendidos especificando no contrato tudo o que foi acordado, nos mínimos detalhes.
  1. Seja transparente sobre o jeito que você gostaria que seu filho fosse cuidado. Como deseja que a tarefa X seja realizada. Converse sempre, fale sobre a alimentação, a higiene e a segurança do pequeno. Fale sobre sono, colo, brincadeiras, choro – se a criança chorar, como você gostaria que ela fosse confortada?
  1. Estabeleça um período de teste. Nesse tempo, a babá poderá conhecer melhor você e seu filho, entender suas expectativas e adaptar-se às rotinas. O ideal é ficar em casa junto com a profissional nos primeiros dias, para explicar em detalhes cada tarefa, avaliar o desempenho da babá, acompanhar e informá-la se algo precisar ser feito de maneira diferente.
  1. Converse com a babá diariamente quando chegar em casa. Abra esse espaço para o diálogo sempre. Pergunte como foi o dia com o pequeno, se surgiu algum imprevisto e como ela lidou com ele e divida suas impressões sobre o comportamento do seu filho.  Muitas babás são proativas e tomam a iniciativa de falar com os pais sobre a rotina das crianças, mas, se isso não acontecer, faça todas as perguntas que lhe parecem importantes. O ideal é estabelecer uma espécie de agenda/ diário da rotina do dia. Vale também já deixar isso combinado antes com a profissional.
  1. Da mesma forma, você pode ligar do trabalho para saber como estão as coisas e perguntar se ela e a criança precisam de alguma coisa. Uma boa babá apreciará esse gesto, que facilitará o vínculo de confiança entre vocês. O mais importante são os pais se sentirem seguros em relação ao bem-estar do bebê.
  1. Às vezes surgem problemas, é verdade. A babá pode chegar atrasada, ou não querer executar uma tarefa estabelecida no contrato. Ou, pior ainda, não respeitar algum combinado. Nesses casos, a primeira coisa a fazer é conversar com ela para entender os motivos por trás desses contratempos e tentar encontrar uma solução juntas. Se a conversa não resolver e for necessário contratar outra profissional, pelo menos você terá feito tudo o que estava ao seu alcance antes de chegar a esse ponto.
  1. Se a babá trabalha bem, elogie. O reforço positivo é um incentivo que qualquer profissional espera e que ajuda a estabelecer uma relação de confiança.
  1. Ofereça feedbacks periódicos, nos quais você faz um balanço de como ela vem trabalhando, comunica alguma eventual necessidade de melhoria e estabelece novos objetivos.

Com essas dicas, aumentam muito as chances de criar um clima agradável e de parceria e confiança com a babá. O que, sem dúvida, ajuda seu filho a se sentir confortável e seguro nos momentos em que a mãe ou pai não estarão por perto.

Criada em 2009 na Holanda, a Sitly é uma plataforma que utiliza geolocalização para conectar pais e babás. Ela permite conferir avaliações, trocar mensagens e agendar entrevistas com a profissional escolhida em um ambiente seguro. Presente em 12 países, tem mais de 2 milhões de usuários cadastrados e versões para download disponíveis nos sistemas iOS e Android, além do acesso online pelo endereço www.sitly.com.br.

Publi

Acompanhe @mamaebox também no www.instagram.com/mamaebox 


Deixe seu comentário