Alimentação de bebês e crianças nos parques da Disney

images

walt-disney-world-created-using-my-fantasy-series-pictures-of-334516

Vamos falar de alimentação de bebês e crianças na Disney. Como prometido, vou contar um pouco como foi a minha experiência na alimentação da minha filha durante a nossa primeira viagem com a pequena para o mundo encantado.

Nossa viagem foi agora em abril e foi muito especial. Primeiro porque estava indo com minha filha e meu marido, com a minha família pela primeira vez e segundo, porque a viagem era para um dos lugares que mais amo, sempre uma viagem dos sonhos.

Voltar à Disney pela primeira vez com minha filha K (2 anos), realmente perfeito, um sonho que estava realizando.

Antes da viagem acontecer, muitos preparativos, normais quando não temos filhos e quando temos então, e mais ainda quando temos uma pequena de 2 aninhos, as preocupações e dúvidas de como será a viagem, alimentação, rotina, preparação e todo o planejamento e roteiro se intensificam, e no final dá tudo certo 😉

Antes da viagem, li várias dicas, conversei com amigas, misturei tudo e montei o meu plano de combate para a alimentação da K durante a viagem, principalmente dentro dos Parques, onde ficaríamos mais restritos aos restaurantes internos, enfim, queria manter uma boa alimentação, e a rotina de alimentação da minha filha.

Então, preparei as refeições em casa e levei papinhas prontas (sim, é  importante também ter na bagagem como plano B ou C). Esta dica de levar as papinhas prontas (aquelas que seu filho já conhece, é claro) foi para o caso de minha filha não querer comer alguma papinha de outra marca americana, ou até mesmo a refeição caseira, então, teria um plano B ou C na mão para oferecer e não dava para levar tudo fresquinho, pronto de casa. Levei papinha de uma marca que ela já conhecia e também refeições preparadas em casa.

Nos EUA comprei algumas, e somente a Marca Gerber que K aceitou mais ou menos, mais para menos. Mas, o mais difícil não foi a refeição em si, o tipo de refeição e paladar, mas o principal componente que achei que atrapalhou um pouco a nossa rotina alimentar na viagem, foi ter saído da rotina, é claro. O que é super normal. Já imaginava que aconteceria, e realmente aconteceu.

Já estamos acostumados a sair para restaurantes juntos, mas na maioria das vezes, sempre procuro fazer a refeição em casa da K e depois saímos. Inclusive, sempre fazemos as nossas refeições depois da K, para que não atrapalhe a dela. Se não for assim, muitas vezes ela não quer mais comer o almoço dela, por exemplo, para comer/ beliscar o meu, enfim.

O que ela comer no restaurante, depois de ter almoçado ou jantado bem sua refeição, está bom. Aí, pode beliscar 😉 Então, sempre procuro fazer isso. Mas, no Parque, temos que fazer algumas refeições no local e então, não é possível garantir a refeição antes de seguirmos para um restaurante para a nossa refeição. Então, levamos sempre as refeições na lancheirinha para dar no local, no restaurante.

Em vários momentos, procurei dar a refeição da K nos restaurantes. Sempre antes a dela para depois pedir a nossa. Algumas vezes K comeu bem, fácil, mas outras, bem complicado (na maioria). K queria saber de ver o movimento, andar, brincar …  até que decidi ir ao Baby Care Center (tem em todos os Parques).

Por que não fui antes? Nossa, como mudou !!! Ambientes tranquilos, próprios e preparados para estes momentos com o bebê, com a criança, para alimentação, troca de fralda, banho, para nos receber com nossos babies. Vendem tudo (se esquecermos algo), enfim, as refeições que fizemos nestes ambientes foram muito mais tranquilas. K comeu super bem!

disney-baby-care-center

disneyland-baby-care-center-kitchen

Quando íamos comer fora dos Parques, a nossa opção eram restaurantes com refeições muito próximas das que estamos acostumados para o caso dela não comer a refeição dela e ter opção e muitas vezes fomos a restaurantes brasileiros (não precisando levar a refeição ou papinha), pois conseguimos montar pratos mais saudáveis e bem próximos da nossa realidade, com aquele arroz com feijão …

Minha dica é sempre procurar um espaço tranquilo, calmo e próprio para a alimentação de nossos pequenos, tentando manter o máximo da rotina alimentar deles.

Ah! Dificilmente há algum restaurante que tenha um microondas para aquecer a papinha e/ou refeição. Quase nenhum! Então, mais um motivo para buscar o espaço preparado para nos atender com nossos pequenos. E se deixar para comer o que os restaurantes no geral oferecem, parar no primeiro restaurante ou fast food (o que mais tem!), comeremos muito mal, principalmente nossos pequenos.

Aproveitem a viagem! Sempre momentos únicos, memoráveis e inesquecíveis com nossos filhos. A nossa viagem foi linda, maravilhosa e já estamos programando as próximas.

Um beijo,

Karin Saavedra, mãe da Karina, Autora e Fundadora MamãeBox

Walt-Disney-World-Disney-characters


Deixe seu comentário