Aprenda tudo para amamentar com tranquilidade

A Cinthia Calsinski, enfermeira obstetra, vai te ensinar tudo o que você precisa saber para amamentar com tranquilidade. Veja como ela ajudou mais de 1.012 mães a terem uma amamentação saudável e feliz! E aproveite nossos 10% off exclusivo para vocês!

Post por: Just Real Moms

A Cinthia Calsinski, mãe do Matheus, da Bianca e da Carolina, enfermeira obstetra, com mestrado e doutorado na área e consultora de amamentação, compartilhou dicas para amamentar com tranquilidade.

Amamentar foi desafiador pra mim nas três oportunidades: chorei, pedi ajuda, superei e vi um sentido tão grande naquilo tudo que me encontrei!

Me sinto plena a cada novo caso, cada história, cada atendimento, e sou muito grata por ter encontrado meu propósito de vida ainda tão jovem!

Quando o Matheus nasceu, minha produção de leite foi em excesso e sofri com ingurgitamento mamário (leite empedrado), com a Bianca tive fissuras, dores e dificuldades de pega, e com a Carolina eu tive tudo isso junto e mais uma mastite.

Tudo na primeira semana de vida, quando tudo é intenso e parece uma eternidade, e quando o desmame precoce acontece quando não conseguimos transpor as dificuldades.

A dor é uma das causas principais de desmame, por isso peça ajuda o quanto antes, não tolere a dor, não espere calejar e não ache que a dor é parte natural do processo.

Depois tudo se estabeleceu e a amamentação fluiu exclusiva até seis meses, e os desmames acontecerem com 1 ano, 1 ano e 4 meses e 2 anos e 3 meses respectivamente. Temos muitos assuntos para abordar aqui, estou muito animada!

Acho muito oportuno iniciarmos por um tema tão simples, mas que gera tantas dúvidas e controvérsias: como me preparo para amamentação?

As mulheres ouvem de tudo: precisa tomar sol, precisa formar bico, passar bucha vegetal, torcer, esfregar, passar limão com sal, eu poderia fazer uma lista enorme…

Porém, é bem mais simples do que isso, o nosso corpo se encarrega de preparar a aréola e o mamilo para amamentação ao longo da gestação.

Na aréola aparecem umas bolinhas pequenas, as glândulas de montegomery. Elas produzem uma lubrificação natural que dia após dia se sobrepõe na região, nutrindo e hidratando na medida certa.

Por isso não é indicado passar sabonete, hidratantes, óleos, nada que possa interferir nessa proteção natural. Você pode e deve lavar e hidratar as mamas, mas ao redor, sem que os produtos entrem em contato com a aréola e o mamilo.

Ouço muito a pergunta: Cinthia, quero muito amamentar, o que eu posso fazer para conseguir?

A resposta segundo inúmeros artigos é buscar informação de qualidade! Leia, estude, pesquise, se informe, questione e tenha uma consultora pra chamar de sua!

Por fim, você não precisa ter medo de amamentar!

Aprenda tudo o que você precisa saber para amamentar com tranquilidade e descubra como já ajudei mais de 1.012 mães a terem uma amamentação saudável e feliz.

Use o código JRM10 na hora para receber 10% off, exclusivo para nossas leituras!

Aproveite para ler as 10 coisas que quase ninguém diz sobre a amamentação!


Cinthia Calsinski (@cinthia.calsinski) – CRM 109556

Mãe do Matheus, da Bianca e da Carolina. Enfermeira obstetra, consultora de amamentação e consultora do sono Materno-Infantil

  • Enfermeira Graduada pela Universidade Federal de São Paulo-Unifesp
  • Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo-Unifesp
  • Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo-Unifesp
  • Enfermeira Obstetra pelo Centro Universitário São Camilo
  • Consultora do Sono Materno-Infantil formada pelo International Maternity e Parenting Institute (IMPI)

Fonte do Conteúdo Original: Just Real Moms

Siga @mamaebox no www.instagram.com/mamaebox

Você pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime Amazon! Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI. A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Assine 30 dias grátis!


Deixe seu comentário