Estou curtindo meu bebê e me recuperando do parto! Como faço para não engravidar novamente?

Todos sabemos que existe um período chamado de “resguardo” ou “quarentena”, como antigamente era chamado, que é um período de abstinência sexual do casal, após o nascimento do bebê.

Nesse período a mulher irá se recuperar do parto, completar a cicatrização, caso tenha sido necessário algum corte para o nascimento do seu filho.

Mas esse período é curto (ainda bem!), e logo o casal já poderá a resgatar sua intimidade que tende a ser um pouco abandonada no ultimo mês de gestação e no primeiro mês de vida do bebê.

Você sabe quando a ovulação retorna, após o parto? Depende…

– O retorno da ovulação, pós-parto, ocorre em torno de 27 dias em mulheres que não estão amamentando.

– Naquelas em aleitamento, e que permanecem sem menstruar, o retorno à ovulação é variável e pode ser ampliado por vários meses, enquanto o recém-nascido (RN) se encontrar em amamentação exclusiva.

Mas, utilizar exclusivamente a amamentação como método anti concepcional não é seguro e não está indicado, pois o retorno à fertilidade é impreciso e pode ocorrer em algumas mulheres, mesmo que a menstruação não desça (amenorreia).

ORIENTAÇÕES

  • O preservativo (masculino ou feminino) é um método contraceptivo eficaz e que, além de prevenir uma gestação indesejada, protege o casal das doenças sexualmente transmissíveis
  • O diafragma vaginal pode ser usado a partir da 6ª semana pós parto. Trata-se de um método que depende muito da motivação da mulher, e às vezes, no pós-parto, devido a mudanças anatômicas pode ser necessário reajuste do tipo e tamanho do mesmo.
  • Dispositivos intra-uterinos (DIU): existem diversos tipos de DIUs no mercado, contendo cobre e o liberador de levonorgestrel (Mirena). São considerados altamente eficazes (taxas de 0,3 a 0,8% de gravidez indesejada em um ano de uso), seguros, de longa ação (cinco a dez anos) e não interferem na lactação.
  • Métodos hormonais: A contracepção hormonal durante a lactação deve ser utilizada com cautela devido aos efeitos na qualidade e quantidade do leite materno, transferência de hormônios para o RN e possíveis alterações no crescimento infanto-puberal.

Para decidir o melhor e mais seguro método anticoncepcional converse com seu obstetra já na primeira consulta de revisão no pós parto!

 

Alô Mamãe

O Alô Mamãe é um serviço de assinatura de orientação e informação em saúde para gestantes e mamães de bebês, através de canal disponível 24 horas por dia. O atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiras, nutricionistas e educares físicos que fazem o acompanhamento da saúde da gestante e seu bebê. O objetivo não é substituir as consultas e o acompanhamento médico, mas sempre estar à disposição para responder as dúvidas das assinantes.

Site: http://alomamae.net/#/mamaebox

Fone: 0800 888 8121

Dra. Renata Zobaran

Diretora Médica

CRM: 15.002

Letícia Silva

Enfermeira Obstetra

COREN: 408.652


Deixe seu comentário