Grávidas podem curtir o Carnaval sem colocar a saúde em risco!

Grávidas também podem se divertir e cair na folia – e muito – no Carnaval, mas precisam seguir somente alguns cuidados especiais para não colocar em risco sua saúde e a do seu bebê. “O primeiro passo é conversar com o médico para ver se não há qualquer problema.

As grávidas com sangramento, cólicas e outros incômodos devem ficar em casa e evitar esse tipo de agito”, alerta o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, da capital paulista.

Com o aumento da barriga, o centro de gravidade da futura mamãe também pode se deslocar, tornando mais fácil o desequilíbrio e as quedas. “Empurrões, quedas e pancadas na barriga, mesmo que sem querer, podem levar a um parto prematuro. É preciso cuidado com as aglomerações e blocos de rua por causa disso”, diz o médico.

É por esse motivo também que o salto alto deve ficar dentro do armário e é recomendado dançar ao invés de pular. O calor também pode incomodar: “use roupas confortáveis, pois a tendência é o corpo inchar com o calor. Também evite ficar muito tempo em pé. Locais fechados e aglomerados também podem levar a uma queda de pressão. ”

Os dias de folia, brincar no carnaval podem ser, inclusive, bastante cansativos e a grávida deve respeitar os limites do seu corpo, descansando sempre que necessário, priorizando uma alimentação saudável – não os petiscos dos camarotes — e caprichando na hidratação. “Divirtam-se muito e aproveitem cada segundo!

O bebê sente o ânimo da mãe na barriga! Lembre-se também que ele é capaz de ouvir as músicas. Não estranhe se o neném se sentir incomodado, por exemplo, com a altura dos batuques e das marchinhas”, destaca Mantelli.

Gostaram ? Beijos!!!

Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra – autor do livro “Gestação: mitos e verdades sob o olhar do obstetra”. Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) e residência médica na área de Ginecologia e Obstetrícia pela mesma instituição. Dr. Domingos Mantelli tem pós-graduação em Ultrassonografia Ginecológica e Obstétrica, e em Medicina Legal e Perícias Médicas.

Siga @mamaebox no www.instagram.com/mamaebox


Deixe seu comentário