Gravidez e o excesso de peso

Não, a mulher não precisa comer por dois na gravidez!

Desde o inicio da gravidez, ocorrem ajustes fisiológicos no corpo da mãe para que ocorra o desenvolvimento do feto.

Os nutrientes para garantir o correto crescimento fetal são provenientes das reservas nutricionais maternas e da ingestão alimentar durante o período da gravidez.

Por isso, o mais importante é melhorar a qualidade da alimentação e não aumentar a quantidade da mesma.

O excesso de comida pode levar ao desenvolvimento de obesidade e, junto com ela, inúmeros outros problemas na saúde materna e fetal.

Atualmente, vê-se uma alta prevalência de obesidade em mulheres reprodutivas e um aumento do ganho de peso na gravidez. O excesso de peso materno é associado com macrossomia fetal (excesso de peso do recém-nascido), complicações de parto, diabetes gestacional e pré-eclâmpsia. Além disso, a obesidade gestacional contribui para a retenção desse peso mesmo após o pós-parto e, assim, para o desenvolvimento da obesidade e suas complicações ao longo da vida.

O ganho de peso ideal na gestação é baseado nas recomendações do Institute of Medicine (IOM, 2009) e leva em consideração o índice de massa corporal (IMC) que a mulher apresentava antes de engravidar, segunda descrição na tabela abaixo:

A gestante precisa manter uma alimentação variada com a presença de todos os grupos alimentares:

– Carboidratos: arroz, macarrão, pão e biscoitos na versão integral, além de aipim, batata-doce;

– Proteínas: queijos brancos, leite e iogurte desnatados, carnes magras;

– Gorduras: azeite de oliva, abacate, sementes oleaginosas (castanha do pará, castanha de caju, amêndoas);

– Vitaminas, minerais e fibras: frutas, legumes, verduras, aveia, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha).

O manejo do peso durante a gestação e no pós-parto é possível. O resgate à culinária tradicional com comidas naturais é o ponto chave para manter uma alimentação adequada, com grande variedade alimentar e de baixo custo.

ATENÇÃO! Lembre-se de compartilhar com seu obstetra suas dúvidas e sintomas durante as consultas de pré-natal. E consulte uma nutricionista, se precisar de orientações mais específicas.

Vanessa  Silveira

Pós graduada em Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia

CRN 10/2421

Sobre Alô Mamãe:
O Alô Mamãe é um serviço de assinatura de orientação e informação em saúde para gestantes e mamães de bebês. É um canal disponível 24 horas por dia para as mamães tirarem dúvidas sobre a gestação e os cuidados com seu bebê. O atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiras, nutricionistas e educares físicos que fazem o acompanhamento da saúde da gestante/mãe e do bebê. Além disso, a equipe de saúde entrará em contato para fazer o acompanhamento durante toda esta fase de gestação e pós-parto. O objetivo não é substituir as consultas e o acompanhamento médico, mas sempre estar à disposição para responder as dúvidas das assinantes.

Site:

http://alomamae.net/#/mamaebox

Fone: 0800 888 8121

Vídeo: https://youtu.be/xejCbTdoFz4


Deixe seu comentário

Blog MamãeBox

Graças ao Clube MamãeBox, esse problema de comprar tudo sem necessidade está resolvido. Gastar muito dinheiro com produtos que podem não funcionar com você, com produtos desnecessários não irá mais acontecer se tornando sócio do clube e mais, todo mês você receberá uma caixinha surpresa MamãeBox com muito carinho na comodidade da sua casa.

Cadastre-se e Ganhe!

Receba nossa newsletter MamãeBox e fique por dentro de tudo do mundo da materno e infantil.
Nome
E-mail
Respeitamos sua privacidade e somos contra a prática de spam.