Maternidade in Box – A paternidade em voga

Essa semana por ser a semana do dia dos pais todos os assuntos e notícias acabam se voltando para o assunto paternidade. Nada mais do que normal, o dia dos pais pautar as principais noticias. E ai vem aquelas matérias super machistas que fazem a gente pensar e repensar que valores estamos passando para nossos filhos.
A questão é uma reflexão porque pai solteiro ou pai que assume a paternidade de forma consciente vira herói e mãe solteira ou mãe que opta por não criar os filhos é vista com maus olhos.
Mães e pais tem o mesmo instinto de proteger a sua cria. Isso acontece em todo o mundo animal e como nós, humanos, não é diferente. O problema é que a sociedade machista determinou que mãe tem que ser amorosa e pai tem que sustentar. Então se o pai da a pensão ele não faz mais que sua obrigação e não precisa fazer mais nada.
Nesse contexto a gente não se da conta que os pais tem uma função, que cada vez é mais falada, de dar amor e carinho, ensinar e educar, alimentar e ninar, e, principalmente, apoiar a mãe.
O pai é um apoio moral e psicológico importante para a mãe. Ele deve ser um alicerce e participar de todas as etapas do processo de gestação e criação dos filhos.
Quanto mais presente e mais apoio ele da, mais chances tem a mulher de superar a revolução hormonal e se sentir segura. Desde os primeiros sinais da descoberta da gravidez, as crises de choro, mau humor, as vontades sem fundamento. Um companheiro presente e que apoie a mulher é fundamental para a boa gestação.
Assim como a parceria, compreensão e apoio durante a amamentação também é fundamental para o seu sucesso. O pai não pode amamentar, mas pode fazer arrotar, ninar e ajudar a mãe a descansar.
O pai não pode sentir as dores do parto, mas pode estar ao lado da mulher deixando-a segura. E isso é um direito da família. Não deixe que nenhuma maternidade barre a presença do pai.
Ser pai é estar presente em todos os momentos. Então converse com seu companheiro. Explique todas as alterações que acontecem com você. Fale de como seu apoio e sua ajuda é importante. Já que nossa sociedade educa de outra forma é papel da mulher mostrar aos homens a importância de seu apoio e que ser pai vai muito além de sustentar a família.
Luísa Aranha
Jornalista
www.mamaeneura.com


Deixe seu comentário