Maternidade in Box – Uma queimação na gravidez

Se você nunca sentiu azia durante a gravidez, levante as mãos para o alto e agradeça! Mas faça isso baixinho, porque se fizer isso em voz alta pode ser que na próxima gestação ela venha com força dupla!

A azia é um dos inconvenientes super comuns no final do segundo trimestre e durante todo o terceiro.  A explicação para ser normal esse mal acometer as grávidas é porque a digestão fica mais lenta, tudo fica meio apertado e fora de lugar dentro de você. Então o acumulo de gazes e o aumento da progesterona no sangue te trazem a queimação.

Os sintomas são aquela queimação no estomago e na garganta, a sensação de estar sempre estufada ou com vontade de arrotar e aquele mal estar como se você tivesse comido demais de seu organismo não tivesse conseguindo processar todo o alimento.

E normalmente à noite, parece que ela piora, é só você estar caindo de sono com tantas idas noturnas ao banheiro que aquela queimação não permite dormir. E pior, não tem o que fazer, nada vai cura-la, apenas aliviar.  Mas o que pode aliviar a azia?

#Evite doces e frituras – Infelizmente esses são dois dos alimentos que mais vão te trazer queimação. Além de tudo (apesar de saborosos) eles não são nenhum um pouco saudáveis!

# Chupe gelo –  O gelo ajuda a apagar um pouco o fogo do estomago. Até tem lógica.

# Não durma de barriga cheia – Descubra qual o ritmo da sua digestão e tente alimentar-se com tempo para realizar a digestão antes de dormir. Na minha última gravidez, eu não podia comer absolutamente nada depois das 20 h.

# Mastigue bem os alimentos – Quanto mais você mastiga mais saliva produz e com isso facilita a digestão.

# Coma pequenas porções de cada vez – Isso facilitará a sua digestão e aliviará a azia.

Além dessas dicas para mim funcionou muito bem a água com gás. Apesar de não ser recomendada por aumentar os gazes ela me aliviava muito as sensações de queimação e a vontade de arrotar.

Outra coisa que funciona para algumas pessoas é tomar um gole de suco de limão puro ou comer uma banana bem madura.

Existem também remédios próprios para a azia durante a gravidez, mas cuidado para não se tornar uma dependente deles, pois normalmente é só o efeito passar para a queimação voltar com tudo.

Mas se você quer um consolo, essa sensação ruim passa no dia do nascimento do bebê e a não ser que você já sofra de azia crônica ou outra doença estomacal você nem se lembrará do quanto sofreu com a queimação!

Parceria Clube MamãeBox e Luísa Aranha – Jornalista

www.mamaeneura.com


Deixe seu comentário