Minha aventura em viajar de avião com meus gêmeos, por Monique

Como foi viajar de avião com meus gêmeos ?

Manhês,

Hoje venho contar para vcs como foi a minha experiência em fazer a primeira viagem internacional com meus gêmeos e tudo o que precisei fazer para que não houvesse imprevistos. E deu tudo certo, graças a Deus.

Só agora que consegui terminar esse post pq eu queria que não faltasse nenhuma informação. São muitossss detalhes e acho que não esqueci de nada, rsrs. Quem já viajou  de avião com os pequenos sabe bem do que estou falando. O trabalho árduo já começa na hora de fazer as malas. E eu precisava fazer malas para dois bebês, ou seja, multiplica o trabalho gigante de 1 bebê por dois. Aff! Fico cansada só de lembrar!!!

Então, acho que o mais importante na hora de decidir viajar é escolher muito bem pra onde se vai, né? Não é qualquer viagem que podemos fazer com os filhos, principalmente se seu filho tiver menos de 1 ano. Os meus meninos estavam com 9 meses quando resolvemos nos aventurar e ficar 10 horas dentro de um avião!!! O lugar escolhido foi Portugal. Mas pq Portugal? Pq meus sogros possuem casa e ainda temos parentes que moram lá. Quer mais segurança do que poder ficar em uma casa de família com infra-estrutura para os meus pequenos? Chegando lá, tinha banheirinha para o banho deles, 2 berços, muitos brinquedos, tudo esperando por eles. Talvez se eu não tivesse tudo isso, pensaria duas vezes.

Então vamos começar pelas malas? Bem, passei semanas arrumando a malas dos meninos pq fiquei com medo de esquecer alguma coisa. Sempre que lembrava de algo, eu colocava logo. Fui na pediatra uma semana antes de ir e pedi todos os nomes dos remédios para levar na nécessaire. Levei remédios para ouvido, diarréia, febre, nariz entupido, xarope, colherzinha do soro caseiro, todas as vitaminas que eles tomam diariamente, aparelho de tirar corisa, lencinhos para corisa entre outros. A minha preocupação era com o tempo lá. Estava bemmm frio e além de todos os casacos quentes que deveria levar, tinha que me preocupar com uma possível gripe ou resfriado. Enfim, malas prontas e nécessaires tb, hora de fazer a minha mala e do meu marido.

Depois de tudo pronto, partimos para o aeroporto. E na mala de mão tinha: casacos para toda a família, fraldas (muitasssss), trocador, lencinhos umedecidos, pomada anti-assadura, papazinho nestlé, mamadeiras , leite, paninhos, roupas extras, chupetas, remedinho de nariz e ouvido por conta da altitude, passaportes, ipad com váriosss vídeos para os meninos se distraírem, tudo que é meu pessoal e do meu maridos entre outras coisitas.
Já no avião, nos acomodamos e decolamos. Tudo correu muito bem.
Na hora que bateu o soninho, eu pedi que a aeromoça abaixasse a caminha que eu havia reservado para eles. Qualquer pessoa pode reservar essas caminhas no momento da compra das passagens, porém estas devem ser feitas com antecedência para que tenha disponível. Depois das caminhas montadas, coloquei meu Théo que dormiu apertado. Se não me engano, essas caminhas comportam até 9kg e meu Théo estava com 10kg rsrs. A caminha estava muito certinha para o tamanho dele mas o sono era tanto que ele nem se mexeu. Vejam só:

foto1
Arquivo Pessoal

Já meu Edu teve dificuldade pq ele sempre se mexe muito ao dormir e gosta de rolar para todos os lados. Para ele a caminha não funcionou. Ele dormiu no banco mesmo, coladinho com a gente. Recebemos nota 1000 de toda a tripulação e passageiros que ficaram boquiabertos com o comportamento deles. Ai fiquei tão orgulhosa dos meus bebês!!!!

Enfim, as 9 horas de viagem foram maravilhosas e sem problemas. A pediatra deles receitou um remedinho para enjôo e que tb ajuda a acalmar. Mas nem precisamos. Ufa!

Chegando em Portugal, tínhamos que ajustar o fuso horário. Levou uns 3 dias para eles entrarem no horário de lá. Eles ficaram birutas e dormiram fora de hora. Depois que entraram no ritmo foi maravilhoso.

Quase todos os dias saíamos para passear e era aquela confusão. Acordar todo mundo, tomar banho, arrumar, fazer papá. O papá deles era feito todos os dias bem fresquinho pela vovó, que foi com a gente. Eu acho fundamental levar alguém da família pra ajudar. Sei que nem todo mundo pode levar nem tem alguém que queira ir ,né? Mas se puder, não pense duas vezes. É bom demais e ajuda muitoooo!
Geralmente carregávamos as papinhas nas bolsas térmicas. A janta, a gente congelava. Imagina fazer 4 papás por dia? Quando complicava demais, o papá Nestlé salvava na jantar tb.

Théo, feliz da vida com o papá gostoso que vovó fez.

viagem com bebês gêmeos
Arquivo Pessoal

Nossos passeios com a family em Fátima, no Santuário de Nossa Senhora de Fátima:

Rezar e agradecer pelas minhas jóias… pedir pelo descanso em paz do meu pai.

Viagem com bebês gêmeos
Arquivo Pessoal

Meu Edu…

Viagem com bebês gêmeos
Arquivo Pessoal

Papai e Théo…

Théo do tamanho da garrafa de champagne rsrsrs!

Viagem com bebês gêmeos
Arquivo Pessoal

Adoraram os castelos da Vila da Feira…

Viajando com bebês gêmeos
Arquivo Pessoal

Voltando as dicas, quem vai viajar e pretende ficar em hotel, sugiro que escolha uma suíte que tenha cozinha. Assim vc pode esquentar um leite, fazer um mingau a noite, preparar uma papinha se tiver tempo, armazenar frutinhas e iogurtes em uma geladeira ou frigobar etc. Existem vários com mini cozinhas. Ah, é importante tb antes de fazer a reserva no hotel, perguntar se eles oferecem bercinhos. Quando fomos até Fátima, passamos 2 noites em um hotel muito bacana, estilo hotel design e chegando no meu quarto, dois bercinhos nos esperavam. Tudo tb reservado com antecedência. Só o banho que tive que improvisar. Entrei debaixo do chuveiro junto com eles… um de cada vez, é claro. Foi muito divertido!!! rsrsrs

Delícia de passeio!!! E o sol resolveu dar um oi!

viajando com bebês gêmeos
Arquivo Pessoal

Meu Edu cheio de estilo…

viajando com filhos
Arquivo Pessoal

Os longos passeios de carro… um sonho para Théo e Edu!!!
Compramos essas cadeirinhas da Chicco lá e depois trouxe para o Brasil.

Viajando com bebês
Arquivo Pessoal

Bem, a viagem foi um sucesso e não tivemos contratempos. Pra ser sincera foi tudo bem melhor do que eu esperava. Acho que me arrisco a fazer tudo novamente, rsrs.

A volta foi até melhor e a tripulação ficou tão encantada com os meninos que eu consegui almoçar tranquilamente. Uma das comissária que era mamãe de gêmeos relembrou os velhos tempos e não largou mais os meus pequenos. Eu aproveitei e descansei um pouquinho. Ela levou meus meninos na cabine do piloto para darem uma voltinha. Vejam só! Uma fofa!!!

Viajando com Bebês
Arquivo Pessoal

Bem pessoal, a primeira de muitas viagens foi nota 10.

Espero ter ajudado e encorajado muitas mães a viajarem com seus bebês. Foi muito divertido. Qualquer dúvida me perguntem que terei o prazer em responder.

Monique Leite

www.blogdanique.com

Instagram: @blogdanique

Contato: 21 994834475


Deixe seu comentário