Testes de triagem neonatal – o que são e para que servem?

A Triagem Neonatal é uma estratégia preventiva para identificação precoce de doenças no recém-nascido. 

É fundamental o conhecimento e o entendimento da gestante, durante o período pré natal, para que logo após o nascimento, todos os testes sejam realizados no tempo correto e de forma adequada.

Os testes de Triagem Neonatal compreendem:

Teste do Pezinho: é um conjunto de exames realizados através de uma gota de sangue, coletada no calcanhar do recém-nascido. O momento ideal para a coleta é entre o 3º e o 7º dia de vida, não devendo ser realizado antes de o bebê completar 48 horas da alimentação (amamentação) e nunca superior a 30 dias.

O teste é útil para detectar doenças graves que podem trazer sérios danos para o bebê, porém, se diagnosticadas e tratadas de forma precoce e efetiva esses danos podem ser evitados.

É importante lembrar que estes exames são apenas uma triagem. Casos alterados necessitarão de exames específicos para confirmação do diagnóstico. O teste do pezinho básico é obrigatório em todo o território nacional. Compreende triagem para fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, anemia falciforme/ outras hemoglobinopatias, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita e deficiência de biotinidase.

O teste do pezinho ampliado realizado em muitas instituições privadas, incluí a triagem para galactosemia, deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase e toxoplasmose congênita.

Outras doenças podem ser investigadas em modalidades mais amplas do teste do pezinho.

Teste da Orelhinha: é um exame de triagem realizado por fonoaudiólogo para avaliar a audição do recém- nascido. O exame é realizado com um equipamento, produzindo sons de fraca intensidade e recolhendo respostas. Pode ser realizado ainda na maternidade ou, após alta hospitalar, em clínicas especializadas.

Teste do Olhinho: consiste na avaliação com oftalmoscópio direto dos olhos do recém-nascido, de forma simples e rápida, realizada pelo pediatra, ainda na sala de parto ou, no máximo, até a alta da maternidade. O exame permite que o médico identifique um reflexo avermelhado na pupila. Quando isso ocorre significa que o exame está normal. Se o exame estiver alterado, o bebê deverá ser avaliado pelo oftalmologista imediatamente. 

– Teste do Coraçãozinho: permite identificar precocemente problemas cardíacos graves no recém-nascido. O procedimento é simples, rápido e indolor. A oxigenação do sangue e os batimentos cardíacos do bebê são medidos com o auxílio de um oxímetro. Em caso de alterações o paciente é submetido ao exame de ecocardiograma.

Tire suas dúvidas e converse sempre com seu Pediatra!!

Dra. Lisiane Dresch

Pediatra e Neonatologista

CRM 20.221

Fonte: Alô Mamãe
O Alô Mamãe é um serviço de assinatura de orientação e informação em saúde para gestantes e mamães de bebês. É um canal disponível 24 horas por dia para as mamães tirarem dúvidas sobre a gestação e os cuidados com seu bebê. O atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiras, nutricionistas e educares físicos que fazem o acompanhamento da saúde da gestante e seu bebê. O objetivo não é substituir as consultas e o acompanhamento médico, mas sempre estar à disposição para responder as dúvidas das assinantes.
Site: Alô Mamãe

Fone: 0800 888 8121

Acompanhe o @mamaebox também no www.instagram.com/mamaebox


Deixe seu comentário