top of page
XCM_Manual_1178377_BR_FRALDA_Baby_610x180_Country_Expansion_Brazil_XCM_Manual_1178377_AMAZ

Carnaval e viroses: dicas para evitar contaminação e tratamento em crianças e adultos

Banho de mar em água contaminada também pode ocasionar viroses


O Carnaval está aí e, neste período, as viagens para lugares quentes são propícias. Também é neste período que aumentam o número de diagnósticos de viroses.


As viroses de verão, geralmente são as respiratórias e as gastrointestinais, aquelas que fazem mal ao sistema digestivo e causam diarreia e enjoo. Elas são causadas, principalmente, pelo enterovírus que causa uma inflamação e é transmissível pelo contato com superfícies, águas e alimentos.


"Durante a estação mais quente do ano, as pessoas tendem a cuidar menos da saúde, como, por exemplo, ter uma alimentação desequilibrada e uma rotina mais bagunçada. Essas mudanças podem enfraquecer o organismo, deixando ele mais suscetível à doenças", afirma a infectologista, Viviane França de Macedo, do Eco Medical Center,


Para prevenção das gastroenterites a recomendação é higienização das mãos antes do consumo dos alimentos. "Se for comer fora, dê preferência aos alimentos cozidos, evitando alimentos crus. Já os líquidos, preferir latas e garrafas lacradas ao comprar fora de casa", orienta.


Entre os sintomas de virose estão a dor abdominal, diarreia - que pode ser mais líquida e pastosa - ou até mesmo o aumento da frequência da evacuação.


Banho de mar em água contaminada também pode ocasionar viroses

O descarte incorreto do esgoto no mar pode ocasionar a transmissão de agentes infecciosos, viroses e até hepatite A. Isso porque estas são doenças que podem ser contraídas na água com alto índice de micro-organismos.

A infectologista Viviane França de Macedo, do Eco Medical Center, explica que praias impróprias para banho apresentam riscos à saúde. "A população deve estar atenta a sinalização dos órgãos ambientais estaduais sobre a balneabilidade das praias. Não havendo sinalização, o ideal é procurar informação no site dos órgãos públicos antes de entrar no mar", orienta.


Outra dica da infectologista é olhar no entorno a existência de rios, canais e esgoto a céu aberto que desembocam no mar próximo aos locais de banho, porque podem conter agentes infecciosos que podem trazer doenças.

Viroses em crianças


A pediatra Fabiana de Cássia Bernieri, do Eco Medical Center, chama atenção, primeiramente, da contaminação por objetos ou alimentos contaminados. Ela também chama a atenção para a água contaminada e também alimentos vendidos na praia sem a higiene adequada no preparo.


"A chave do sucesso é hidratação constante e cuidado no consumo de alimentos. Crianças pequenas, especialmente, não entendem a necessidade de tomar água, perdem líquido na transpiração e também não sentem tanta sede. É fundamental mantê-las hidratadas até mesmo para evitar possíveis perdas de líquidos que venham a ocorrer em casos de virose", orienta.


Diferentemente dos adultos, a orientação da pediatra é, ao primeiro sinal de febre, dor de estômago, vômito ou diarréia, levar o pequeno para avaliação médica para um diagnóstico correto.


"A criança come algo e começa a passar mal. São casos em que não pedimos para os pais esperarem, pois nesta época do ano sabemos que tem muito vírus circulando e o diagnóstico correto é imprescindível para a recuperação da criança", ressalta a pediatra.


Entre as orientações da especialista estão evitar oferecer à criança alimentos processados e fast food, evitar de comprar sucos e comida na rua, evitar comer alimentos mal cozidos e sempre optar por alimentos mais saudáveis e, por último, sempre que possível cozinhar em casa e levar sanduíches e lanchinhos saudáveis feitos em casa para a praia.

Tratamentos


O principal tratamento para as viroses é o sintomático e inclui uma boa hidratação para repor líquidos perdidos por vômitos e diarreias. Isso porque, apesar de comuns, não existem remédios específicos para os vírus que causam esse tipo de infecção. Eles são considerados autolimitados, ou seja, têm um período de sobrevivência no organismo que pode variar de três a sete dias.


O recomendado como tratamento para viroses é o repouso e, principalmente, a hidratação. Isso porque entre os principais sintomas da doença está a perda de líquido, seja por diarreia ou vômito. Além disso, deve-se consumir alimentos considerados leves, com menor índice de gordura e açúcar, para não sobrecarregar o organismo.


Quando o assunto é hidratação, o mais recomendado é o consumo de sucos naturais, água e água de coco. Já bebidas como café, chá e refrigerantes devem ser evitadas, pois são consideradas diuréticas, ou seja, elas ajudam a perder líquido.


Uma outra opção para se manter hidratado é o soro caseiro. Para fazer são necessários apenas três ingredientes: água filtrada, açúcar e sal. Veja como é simples fazer:

Em um recipiente limpo, dissolva uma colher de sopa de açúcar (20 g) e uma de chá de sal (3,5 g) em um litro de água filtrada ou fervida. Deve-se consumir aos poucos, com intervalos de 20 minutos.


Além do repouso e da hidratação, é possível amenizar os sintomas com medicações específicas para febre, dor e enjoo. Mas atenção, se o quadro de desidratação persistir, é necessário buscar auxílio médico.


Siga @mamaebox no www.instagram.com/mamaebox


Você pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime Amazon! Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI. A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Assine 30 dias grátis!


コメント


XCM_Manual_1178377_BR_FRALDA_Baby_610x180_Country_Expansion_Brazil_XCM_Manual_1178377_AMAZ
Dicas amamentação mamãebox
bottom of page